conspiração, nova ordem mundial, illuminatis, enigmas

Portátil de etarras, encriptado.

O computador portátil que foi apreendido a Iratxe Yáñez Ortiz de Barron, a mulher que pertencerá à ETA e que há duas semanas foi apanhada em Trás-os-Montes, está encriptado e as autoridades não conseguem aceder aos dados que contém.
O encriptamento dos ficheiros foi feito de forma relativamente rudimentar, mas exige que os dois espanhóis, ambos em prisão preventiva até à extradição, forneçam os códigos de acesso – o que eles têm vindo a recusar.

Link AQUI.

Ora aqui está uma história que me parece muito estranha.
Se qualquer puto de 15 anos hacker, consegue invadir sites, como é que técnicos informáticos da PJ não conseguem descobrir uma miserável password de uma encriptação rudimentar?
Quando eles apanham membros de redes de pedofilia, conseguem descodificar os portáteis (encriptações mais complexas ainda), e agora não conseguem descodificar uma encriptação mais básica?
Então sendo assim, será que conseguem descobrir a senha de alguma conta hotmail ? também se baseia em simples passwords.
Se nós usarmos um programinha básico, da internet, que codifique uma pasta com senha, os gajos da PJ não conseguem abrir essa pasta?
Hummm.. Aqui há gato..

Os comentários estão fechados.